O Google passou a esconder sites não responsivos nos resultados de buscas. Os sites responsivos são aqueles adaptáveis para navegação em smartphones ou tablets.

Site responsivo: Um site que se adapta ao tamanho de tela no qual está sendo visualizado e é compatível com a tela de todos os dispositivos móveis é chamado de responsivo.

Foi lançada pelo Google a atualização de compatibilidade com dispositivos móveis. Eles aumentaram a classificação das páginas responsivas nos resultados de pesquisas feitas a partir de dispositivos móveis. Agora, quem fizer uma busca no Google pode encontrar mais facilmente resultados relevantes e de alta qualidade com texto legível sem necessidade de toque ou zoom, pontos de toque com espaçamento apropriado, além de páginas que evitem conteúdo que não possa ser reproduzido e que eliminem a necessidade de rolagem horizontal.

A atualização de compatibilidade com dispositivos móveis de 21 de abril aumenta as classificações de pesquisa para dispositivos móveis de páginas legíveis e utilizáveis nesses dispositivos.

Essa atualização afeta as classificações de pesquisa em dispositivos móveis, os resultados de pesquisa global (em todos os idiomas) e se aplica nas páginas individuais, e não a websites inteiros.

Enquanto a atualização de compatibilidade com dispositivos móveis é importante, ainda foi levado em consideração uma grande variedade de fatores para classificar os resultados de cada pesquisa. A intenção da busca ainda é um fator muito significativo, por isso, mesmo que uma página com um conteúdo de alta qualidade não seja responsiva, ela ainda pode ter uma boa classificação no ranking se tiver conteúdo relevante para aquela consulta específica.

Para verificar se o site é responsivo, examine as páginas individuais com o teste de compatibilidade com dispositivos móveis. Se as páginas do seu site não forem responsivas, poderá haver uma diminuição significativa no tráfego de dispositivos móveis da Pesquisa Google. Mas não se preocupe, assim que seu site se tornar responsivo, o Google reprocessará automaticamente (ou seja, rastreará e indexará) suas páginas.

Fonte: Blog do Google