O poder da execução e o foco no plano de ação

Planejar é fundamental, mas vamos combinar que planejamento não serve para nada se não ganhar vida, e isso só uma boa execução tem o poder de fazer o que está no papel se tornar viável e gerar resultados satisfatórios. Empreendedor e visionário o perfil da grande maioria dos nossos clientes e faz com que novas ideias de projetos sejam mais comuns e façam parte do dia a dia das empresas, mas qual é o preço que pagamos ao colocar em prática toda nova boa ideia?

Nós sempre destacamos em reuniões com clientes e com a nossa própria equipe que o mérito do sucesso muitas vezes não está numa ótima ideia, mas sim em uma ótima execução. Já vimos inúmeras boas ideias que não ganharam o acompanhamento necessário aos detalhes e transformaram-se em grandes frustrações para as empresas, seus gestores e para as equipes de marketing e comunicação.

E justamente por isso, por já termos acompanhado muitos cenários como esse que aqui na agência, todos os projetos passam por uma etapa de planejamento tático, que nada mais é do que planejar a execução. Após as definições estratégicas realizadas é hora de agir, ou melhor, de planejar a ação, e para isso nós usamos a metodologia 5W2H. Lá nós organizamos: o que deve ser feito, porquê será desenvolvido, para quem estamos fazendo (ou por quem, quem será o responsável pela ação), onde será realizado ou implantado, como será realizada detalhadamente, quais os custos envolvidos e quando deverá ser implantada ou entregue.

Para resumir:

 WHAT: o que será realizado (etapas e ações necessárias)
 WHY – por que será realizado (a justificativa para a ação)
 WHERE – onde será realizado ou implantado (o local da ação)
 WHEN – quando será realizado (o tempo da ação, tanto a entrega final, como as etapas intermediárias)
 WHO – por quem será realizado (atribuição das responsabilidades)
 HOW – como será realizado (o método, o passo a passo, todas as etapas para que a ação seja completada)
 HOW MUCH – quanto custará para realizar (investimentos financeiros e de tempo envolvidos)

Quanto mais detalhado o plano de ação de marketing e comunicação estiver, melhor. O objetivo é que ele tenha as orientações necessárias para que uma pessoa que não esteja contextualizada possa entender qual é o desenho de cada uma das ações de marketing e comunicação. Dessa forma, temos um plano de ação mais completo e que toda a equipe pode estar envolvida para fazer acontecer.

Parece complexo pensar em tudo isso o tempo todo, mas a prática ajuda muito a imprimir velocidade e assertividade do desenho de cada projeto. Só assim, as boas ideias tem maior chance de transformarem em bons sucessos.

Pense nisso: uma boa execução faz toda a diferença, e pode até mesmo salvar uma ideia não tão boa. Vamos tirar os planos da gaveta com uma boa execução?

Conte com a gente!